quinta-feira, maio 28, 2009

Poema para um heterossexual

Conade(e)p


eu e tu:
o e é sempre copulativo

espero que o meu leitor
(especialmente se for argentino)
não pense que eu confundo
lirismo com tragédia

só me parece terrivelmente político
dizer que alguém só pode desaparecer
dentro do corpo da sua amante

no cinema
o Pedro já o disse
precisamente quando falava com ela

porque ele sabe
que para quem prefere o johnny depp
a via para o interior do amor
não é feita de chocolate
mas de uma merda quase literal


(Nota: Conadep, iniciais de Comisión Nacional sobre la Desaparición de Personas, uma comissão criada na Argentina para averiguar os atentados aos direitos humanos praticados pela ditadura militar do país durante a guerra de 1976-1983)

Sem comentários: