sexta-feira, fevereiro 16, 2007

S.O.S. Murakami

Já todos sabemos: não se pode ler tudo. Por isso, esperamos que aqueles que defendem um determinado autor nos dêem argumentos sedutores para começarmos a sua leitura. No caso de Murakami, contudo, a coisa está complicada. Eis o que eu ouço dizer sobre o senhor:

- Vende milhões
Não tenho nada contra isso, e espero que os milhões lhe encham a bolsa. No entanto, o sucesso de vendas apenas revela o acaso do funcionamento do mercado, a moda, o peso de uma máquina de promoção, etc. Em si mesmo, não é argumento.

- Pratica um surrealismo cool
O que é isto? Será piroseira onírica? O "E.T." em japonês? "Surrealismo" não rima com "cool" - esse movimento aspirava à inquietação permanente. Entendê-lo de outro modo equivale a insultá-lo.

- Costura alta cultura com cultura popular
Sim, mas qual é o autor pós-qualquer-coisa que não o faz?


Talvez alguém tenha a caridade de me transmitir a sua paixão com a integridade que ela lhe merece. Até lá, já se instalou em mim um preconceito. Com amigos destes...

Sem comentários: