segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Nonsense

Ao longo da sua vida, o Homem sente que vai recuperando o seu ser originário, num processo de auto-conhecimento imprevisível constituído por sucessivos despertares (esta ideia de Zambrano evita qualquer estatismo que pudesse ter sido mal percebido no pensamento socrático).

Mas os despertares do planeta, esses crepúsculos que há uma eternidade criam o dia e a noite em todos os planetas de todas as estrelas, esses despertares nada revelam sobre esse ser originário de tudo que é Deus. O Universo não evolui.

Só o Homem tem ilusões.

Sem comentários: