sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Confissão 18


Não tenho nenhum apreço por imagens de espectaculares implosões de edifícios. Chego a perguntar-me se isso não foi inventado apenas para alimentar o kitsch telejornalístico. Notícia, para mim, é a inspirada e transpirada construção do sino em "Andrei Rubliov". Notícia também a erosão e a ruína. Mas desfazer em instantes o que demorou uma eternidade (de corpo e alma) a ser feito... Não, obrigado.

Sem comentários: